BELA DESPEDIDA

  • segunda, 04 setembro 2017 00:00
Michel Douglas fez uma excelente partida: um gol e uma assistência Michel Douglas fez uma excelente partida: um gol e uma assistência Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

CSA vence Salgueiro por 2 a 0, fica vivo pelo 1º lugar e se ‘limpa’ para o mata-mata

 

Em jogo forte, o CSA se despediu do seu torcedor na 1ª fase e venceu o Salgueiro por 2 a 0, no Estádio Rei Pelé. Os gols do CSA foram marcados por Michel Douglas e pelo zagueiro Thalles.

Além da vitória, o CSA também aproveitou a partida para ‘limpar’ sua equipe já pensando no mata-mata. Quatro jogadores que estavam pendurados com dois cartões amarelos, acabaram completando a série e ficando suspenso no jogo final da fase de classificação, podendo entrar nos jogos que valem o acesso para Série B com os jogadores zerados. O jogo também foi o último em casa na fase de classificação.

O time do CSA construiu a vitória ainda no primeiro tempo. No primeiro gol, após assistência de Edinho, Michel Douglas completou de cabeça e fez 1 a 0 para o time azulino. Ainda no tempo inicial, o atacante Michel Douglas serviu o zagueiro Thalles e com um toque preciso quase na entrada da pequena área, ele venceu o goleiro Mondragon fazendo o segundo gol do CSA.

Com a vitória, o CSA chegou aos 31 pontos e manteve-se na 2ª posição. A equipe azulina tem um pontos a menos que o líder Sampaio Correa. Já o Salgueiro estacionou nos 21 pontos ficou em sétimo lugar e caiu uma posição na tabela de classificação.

Na última rodada da fase de classificação, o CSA enfrentará o Cuiabá, na Arena Pantanal. Por sua vez, o Salgueiro receberá o Remo, no Estádio Cornélio de Barros. Todos os jogos da rodada final da 1ª fase serão disputados no sábado, dia 9, ás 19h30.

 

O Jogo

Com um grande volume de jogo, o CSA começou a partida de forma muito forte. O time conseguia encaixar triangulações pelo corredor central, alternava jogadas pelo direito e pelo lado esquerdo, valorizava a posse de bola e dava pouco espaço para o Salgueiro jogar.

Aos 16 minutos, Edinho fez jogada pelo lado direito e cruzou na área, Michel Douglas deu um cabeçada forte, a bola explodiu na trave e entrou no gol, fazendo o primeiro gol azulino: CSA 1 a 0.

No minuto seguinte, o Salgueiro chegou finalizando de fora com um forte chute de Willian Anicete. Mota fez uma linda defesa. Aos 27 minutos, após um rebote da defesa azulina, a bola sobrou para Rafael Araújo, que chutou por cima.

O CSA foi mortal e três minutos depois, o zagueiro Thalles conseguiu fazer uma de atacante, ficar na frente do goleiro Mondragon, tocando para o fundo das redes, fazendo 2 a 0.

O primeiro tempo terminou com o CSA construindo uma tranquila vantagem. Perdendo de 2 a 0, o Salgueiro começou o segundo tempo de maneira mais intensa. O time pernambucano forçava o jogo, buscava atacar o CSA que usava a estratégia de ser reativo, diminuindo o campo, fazendo uma marcação mais baixa e jogando para roubar a bola e tentando ampliar o marcador.

O time azulino até conseguiu criar algumas oportunidades de gol. Rosinei, Edinho e até mesmo Angulo desperdiçaram oportunidades. O Salgueiro também teve suas chances e em pelo menos duas oportunidades, o time do Salgueiro forçou o goleiro Mota a fazer grandes defesas.

 

Ficha Técnica

CSA 2 x 0 Salgueiro

Campeonato Brasileiro – Série C – 17ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió)

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (CBF-MG)

Árbitro Assistente 1: Ricardo Junio de Souza (CBF-MG)

Árbitro Assistente 2: Magno Arantes Lira (CBF-MG)

4º Árbitro: José Reinaldo Figueiredo (CBF-AL)

Renda: R$   Público:

Cartões Amarelos: Michel Douglas, Thalles, Dawhan, Jorge Fellipe, Boquita (CSA) Moreilândia (Salgueiro)

Gols: Michel Douglas (CSA) 16’ e Thalles (CSA) 30’ do 1º tempo

Equipes:

CSA: Mota, Celsinho, Thalles, Jorge Fellipe e Rafinha; Dawhan e Boquita; Edinho, Daniel Costa (Didira) e Marcos Antonio (Rosinei); Michel Douglas(Daniel Angulo)

Técnico: Ney da Mata

Salgueiro: Mondragon, Toty, Luis Eduardo, Rafael Araújo e Daniel; Rodolfo, Moreilânida, William Anicete (Dadá)e Cássio;  Jean e Alvaro ( João Paulo)

 

Técnico: Evandro Guimarães

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.