TRAVOU

  • sexta, 16 junho 2017 00:00
Didira lutou, criou situações, mas o CSA não conseguiu vencer o Confiança: 1 a 1 Didira lutou, criou situações, mas o CSA não conseguiu vencer o Confiança: 1 a 1 Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Com apresentação ruim, CSA apenas empata contra o Confiança e perde os 100% em casa

 

O CSA não fez uma boa partida e amargou o primeiro tropeço dentro de casa na Série C do Campeonato Brasileiro.  Jogando no Estádio Rei Pelé, o CSA saiu atrás do marcador, mas buscou o empate e fechou o jogo contra o Confiança com um empate.

Álvaro marcou para o Confiança aos 11 minutos e no final do 1º tempo, Michel marcou de cabeça, empatando a partida. No segundo tempo em apenas duas oportunidades, o CSA assustou.

Com o empate, o CSA chega aos 11 pontos e permanece na liderança, mas poderá perder esta condição se o Fortaleza ganhar seu jogo contra o Sampaio Correia. No entanto, mesmo podendo perder mais posições (para Botafogo ou Remo e para o Sampaio Corrêa), o CSA não sairá do G4. Já o Confiança chegou aos oito pontos e permaneceu na 6ª colocação.

Na próxima rodada, o CSA receberá o Fortaleza, na segunda-feira, 26, no Estádio Rei Pelé. Já o Confiança receberá, o Botafogo, no sábado, 24, ás 16h, na Arena Batistão.

O Jogo

O CSA buscou desde o início da partida propor o jogo. Mas encontrava dificuldades.  Saindo de forma forte para o ataque, o CSA deixava espaço para os contra-ataques do Confiança. Foi em uma jogada de transição rápida, que o time sergipano abriu o marcador.

Eram 11 minutos, quando Álvaro fez jogada individual, driblou dois jogadores, em pouco espaço e chutou forte, quase sem ângulo. A bola bateu em Mota e entrou. Confiança 1 a 0.

O CSA partiu para buscar o empate. Mas não conseguia conectar situações favoráveis de jogo. Além de não conseguir incomodar o goleiro Sílvio, ainda ofertava ao Confiança diversos contra-ataques, que também acabaram desperdiçados.

Somente aos 36 minutos, o CSA conseguiu a primeira finalização. Dick arriscou um chute para o gol e o goleiro Silvio fez a defesa parcial.

O CSA continuava sem se encontrar, mas em um lance improvável, o CSA chegou ao gol. Dick cobrou um lateral. Michel precisou sair do seu posicionamento na área, para buscar a participação no jogo do lateral azulino. Na bola devolvida para Dick, o camisa 2 do CSA cruzou e o ‘baixinho’ Marcos Antonio subiu com muita impulsão, venceu a defesa e colocou na área, o próprio Michel aproveitou a chegada, desviou de cabeça e marcou o gol de empate do CSA já nos acréscimos do tempo inicial.

Aos 15 minutos, o CSA deu o primeiro susto. Raul Diogo cobrou lateral na área, Michel fez o primeiro desvio, Marcos Antonio tocou e Dawhan chutou de primeira, a bola riscou toda a área e o CSA quase vira o marcador.

No minuto seguinte, grande jogada de Raul Diogo, a defesa do Confiança cortou e de fora da área, Boquita acertou uma pancada e quase põe o CSA na frente do marcador.

O CSA só voltou a incomodar aos 38 minutos em uma cobrança de falta sensacional do meia Francisco Alex. Silvio fez uma linda defesa.

Já aos 47, o Confiança quase marca. Francisco Alex perdeu a bola no meio campo,  Diogo ganhou a bola e de fora da área, chutou Mota deu o rebote, mas se jogou para evitar a finalização do time sergipano.

Ficha Técnica

CSA 1 x 1 Confiança

Campeonato Brasileiro – Série C – 6ª Rodada – Grupo A

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Felipe Gomes da Silva (CBF-PR)

Árbitro Assistente 1: Luiz H. Souza Santos Renesto (CBF-PR)

Árbitro Assistente 2: André Luiz Severo (CBF-PR)

4º Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (CBF-AL)

Renda: R$   Público:

Cartões Amarelos: Anderson, Silvio, Matheus Salustiano (Confiança) Dawhan, Alexandre Cajuru (CSA)

Gols: Alvaro (Confiança) 22’ e Michel (CSA) 46’ do 1º tempo

Equipes:

CSA: Mota, Dick, Thalles, Leandro e Raul Diogo; Dawhan, Boquita, Marcos Antonio(Jonathan) e Didira(Thiago Potiguar); Michel e Vanger(Francisco Alex)

Técnico: Ney da Mata

Confiança: Silvio, Felipe Cordeiro, Mimica, Anderson e Arlan(Diogo); Matheus Salustiano, Jardel, Everton Santos e André Beleza(Jussimar); Romulo e Álvaro (Tiquinho)

 

Técnico: Leandro Sena

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.