#ACREDITOU

  • sábado, 10 junho 2017 00:00
CSA consegue empate nos acréscimos e segue na liderança CSA consegue empate nos acréscimos e segue na liderança Site do Remo

Lutando até o fim, Dawhan usa a cabeça e CSA arranca o empate com o Remo e segue líder

 

O CSA não desistiu. Lutando até o final da partida, o CSA arrancou o empate já nos acréscimos da partida contra o Remo, no Mangueirão. Jayme fez o gol do Leão do Norte e Dawhan garantiu o empate em 1 a 1 já aos 46 minutos.

Com o ponto somado no Mangueirão, o CSA chegou aos dez pontos e vai dormir na liderança. Já o Remo ficou com oito pontos e ocupa a 4ª colocação.

O CSA não sairá do G4 ao final desta rodada. O máximo que poderá acontecer é o time azulino cair para a 3ª posição. O CSA torce contra o Fortaleza contra o Cuiabá na Arena Pantanal. Se o Fortaleza não vencer, o CSA seguirá na liderança.

Outro time que poderá ultrapassar o CSA é o Sampaio Corrêa. A equipe maranhense jogará na 2ª feira contra o Confiança em Aracaju, mas precisará vencer por cinco gols para ser líder isolado. Se vencer por 4 a 0, os dois ficarão empatados em absolutamente todos os critérios e o desempate será no número de cartões amarelos e vermelhos.

Na próxima rodada, o CSA receberá o Confiança, na próxima sexta-feira, dia 16, no Estádio Rei Pelé, 20h. Já o Remo virá a Paraíba para enfrentar o Botafogo, na segunda-feira, 19m ás 21h.

O Jogo

Logo no primeiro minuto da partida, o CSA quase marca. A bola foi roubada por Boquita e lançada para Vanger, que na velocidade driblou o primeiro adversário e passou com qualidade, Michel dominou dentro da área e bateu antes da chegada do goleiro Vinicius. A bola passou próximo e assustou.

O primeiro grande lance do Remo surgiu aos 24 minutos. A defesa do CSA falhou e permitiu uma grande jogada de Mikael que acionou o atacante Nino Guerreiro, ele entrou na área e Mota abafou a finalização do atacante do Remo.

Aos 34 minutos, a melhor oportunidade da partida. Após um passe de Eduardo Ramos, o atacante Edgar recebe dentro da área e acerta o travessão de Mota. Quase que o Leão do Norte abre o marcador.

No segundo tempo, a partida voltou a ficar mais aberta. O Remo saia para o jogo, mas proporcionava o contra-ataque ao CSA. Aos seis minutos, Didira iniciou o contra-ataque e com um passe perfeito deixou o atacante Vanger em condições de finalizar, mas o atacante marujo se atrapalha e não consegue finalizar.

Aos onze minutos, em dois lances seguidos, o CSA quase marca. No primeiro lance, Didira recebeu dentro da área, bateu no canto baixo, mas Vinicius fez defesa importante. No lance seguinte, a bola foi cruzada na área e cabeceada por Vanger, para defesa com dificuldade no centro do gol pelo goleiro Vinicius. A arbitragem apontou irregularidade no lance.

Aos 16 minutos, o Remo articulou um contra-ataque forte, passe preciso de Eduardo Ramos nas costas da defesa do CSA, Jayme dominou, avançou a acertou uma pancada, chute rasteiro, cruzado para vencer Mota e fazer Remo 1 a 0.

Três minutos depois, a defesa do CSA erra, Leandro falha feio e o mesmo Jaimy quase marca o segundo. O CSA não sentiu o gol tomado e voltou a criar situações para empatar. Aos 27 minutos, após uma bola alçada na área, Leandro esticou-se todo, chegou a tocar na bola, mas ela tomou uma direção diferente e não conseguiu igualar o jogo.

Após entrar na partida, Maxuel finalizou aos 40 minutos, a bola desviou na defesa e foi para escanteio. Na cobrança do escanteio, Dick subiu de cabeça e quase empata. CSA chega, pressiona, mas não aproveita o domínio.

O CSA insistiu e já nos acréscimos, aos 46 minutos, após cobrança do escanteio, Dawhan sobe, desvia e empata o jogo.

Ficha Técnica

Remo 1 x 1 CSA

Campeonato Brasileiro – Série C – Grupo A – 5ª Rodada

Local: Estádio Olímpico do Pará – “Mangueirão” (Belém-PA)

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ-CBF)

Árbitro Assistente 1: Silbert Faria Sisquim (RJ-CBF)

Árbitro Assistente 2: Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ-CBF)

4º Árbitro: Gustavo Ramos Melo (PA-CBF)

Renda: R$ 190.140,00  Público: 9.237 torcedores (com 7.747 pagantes)

Cartões Amarelos: Labarthe (Remo) Dick (CSA)

Gols: Jayme (Remo) 16’ e Dawhan (CSA) 46’ do 2º tempo

Equipes:

Remo: Vinicius, Léo Rosa, Leandro Silva, Igor João e Gerson; Tsunami, Labarthe e Eduardo Ramos(Flamel), Mikael, Nino Guerreiro(Jayme) e Edgar (Gabriel Lima)

Técnico: Josué Teixeira

CSA: Mota, Dick, Thales, Leandro e Raul Diogo; Dawhan, Boquita, Marcos Antonio(Thiago Potiguar) e Didira(Francisco Alex); Vanger (Maxuel) e Michel

Técnico: Ney da Mata

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.