É HOJE?

  • sábado, 03 outubro 2015 00:00
Júlio César foi confirmado no gol do CRB para encarar o Boa Júlio César foi confirmado no gol do CRB para encarar o Boa Alberto Oliveira

Chegou a “Boa” hora para vencer?

 

 

 

 

 

Os números mostram que o CRB estabilizou seu rendimento em campo. Já são cinco jogos que a equipe não conhece o sabor de uma derrota. Nestes cinco jogos, três foram fora de casa. Mas este momento estável ainda traz um questionamento que incomoda jogadores e comissão técnica do CRB.

 

O Galo segue sem conseguir vitórias fora de casa. Com um aproveitamento muito positivo dentro de casa, a equipe tem 69% de aproveitamento e, é o 10º melhor em toda a Série B, o aproveitamento fora de casa crava o CRB como o pior time da Série B, com apenas uma vitória, cinco empates e um percentual de 19%.

 

Uma “boa” hora para conseguir este resultado será neste sábado, quando a equipe entrar em campo no Estádio Municipal de Varginha para enfrentar o Boa Esporte. O time mineiro é apenas o 18º colocado no aproveitamento com apenas três vitórias, quatro empates e sete – isso mesmo, derrotas. Em metade dos jogos que atuou em casa, o Boa foi derrotado.

 

Além disto, o time vem de nove jogos sem vencer, sendo destes, oito derrotas consecutivas. Portanto não há melhor time, nem momento para o CRB buscar o resultado fora de casa.

 

 

PREPARAÇÃO

 

Ao longo da semana, o time regatiano intensificou os trabalhos e teve uma preocupação extra o piso do campo em Varginha, onde o tipo de grama torna o jogo lento, além de dificultar a intensidade com a qual atua o CRB.

 

Ontem o CRB realizou seu último trabalho no Ct Urububola, na cidade de Eloi Mendes. Além de trabalhar jogadas de bola parada, tanto no aspecto ofensivo, como no aspecto defensivo, o técnico Mazola Júnior teve a boa notícia garantindo a liberação do zagueiro Gabriel no S TJD.

 

Sendo assim, a equipe que enfrentará o Boa Esporte está praticamente confirmada com: Júlio César, Bocão, Audálio, Gabriel e Pery; Glaydson Almeida e Somália; Cañete, Clebinho e Maxuel; Zé Carlos.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.