SEM VENCER FORA

  • domingo, 19 junho 2022 00:00
CSA fica no 0 a 0 com o Guarani: oitavo empate na Série B CSA fica no 0 a 0 com o Guarani: oitavo empate na Série B Morgana Oliveira - ASCOM CSA

CSA desperdiça oportunidades, passa alguns sustos e fica no empate sem gols com o Guarani

Por Alberto Oliveira

O CSA voltou a empatar na Série B do Campeonato Brasileiro.  Na estreia do técnico Alberto Valentim , o CSA empatou em Campinas em 0 a 0 com o Guarani.  Este foi o oitavo em empate do Azulão em 13 jogos na competição.

O time mostrou um futebol mais agressivo no tempo inicial, criou diversas oportunidades, mas não teve a ‘velha’ capacidade de definição. No tempo final, o Guarani cresceu com as mudanças e teve algumas chances e o CSA não conseguiu qualificar o time com as opções que entraram no jogo.

Ao pontuar em Campinas, o CSA chegou aos  14 pontos, perdeu uma posição na tabela e ocupa o 16º lugar, a primeira posição fora da zona de rebaixamento. Já o Guarani chegou aos 13 pontos, é o 17º colocado e subiu uma posição ultrapassando justamente a Ponte Preta, rival do Bugre.

O CSA voltará a campo na próxima quinta-feira, 23, ás 21h30, jogando contra o Grêmio no Estádio Rei Pelé. Já o Guarani estará em campo na sexta-feira, 24, ás 19h, no Estádio do Café contra o Londrina.

CSA começou o jogo muito bem e logo no primeiro minuto já causou problemas para a defesa do Bugre.  Os dois lances foram protagonizados por Osvaldo. No primeiro, o camisa 11 dominou na entrada da área e soltou uma pancada, o goleiro Rafael Martins espalmou, evitando o gol azulino. Na cobrança do escanteio, Osvaldo tentou o gol olímpico, mas o goleiro do Bugre estava atento e tirou socando a bola.

O Guarani assustou aos 4 minutos quando a partir de chutão , a bola quicou no gramado e quase encobre o goleiro Marcelo Carné. O arqueiro azulino até entrou no gol, mas conseguiu fazer a defesa com as mãos fora da linha do gol.

O Bugre voltou a incomodar  aos sete minutos. Após uma jogada pelo lado de Diogo Mateus, Giovani Augusto chegou no meio da área para chapar em direção ao gol, mas a defesa azulina bloqueou a finalização.

O CSA continuava dominando as ações do jogo e sendo mais perigoso. Aos 15 minutos foi a vez de Diego Renan se aproximar, encontrar o espaço e soltar um chute forte, a bola passou muito próximo do poste esquerdo do lado direito, assustando o goleiro do Bugre.

Três minutos depois, contra-ataque forte do CSA, Gabriel encontra Rodrigo Rodrigues flutuando nas costas da defesa, o camisa 99 chuta cruzado e assusta o Bugre. Mesmo superior na partida, o CSA seguia desperdiçando oportunidades. Aos 31 minutos, Gabriel teve a grande chance da partida. Ele recebeu em condição , atacou o espaço, arrancou com a bola dominada já dentro da área, chutou reto, com a bola passando perto do poste direito do gol do Guarani.

O Bugre só assustava e chegava pelo alto. Aos 35 minutos, o Guarani teve um escanteio pelo lado esquerdo, o zagueiro Ernando cabeceou com força e a bola explodiu na trave.

O jogo começou no segundo tempo com o mesmo cenário da etapa inicial. Bola alçada na área, Lourenço cabeceou firme, mas colocou por fora.  O lance seguinte de perigo foi novamente com Lourenço. Giva Santos encontrou o corredor central com espaço e abriu o passe para Lourenço, ele chutou cruzado, a bola passou na frente da trave do Bugre.

A partir dos 15 minutos, o Guarani apresentou uma melhora com as mudanças. E logo aos 17 minutos, Yago, que atuou pelo CSA, desperdiçou uma excelente oportunidade. Após um rebote dentro da área, ele encheu o pé e a bola explodiu na trave.

O Guarani ainda seguiu com mais volume de jogo, mas não conseguiu transferir o melhor momento em um resultado positivo. Final de jogo: Guarani 0 x 0 CSA. 

 

Guarani 0 x 0 CSA

Campeonato Brasileiro – Série B – 13ª Rodada

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa (Campinas-SP)

Árbitro: Leonardo Willers Lorenzatto (CBF-MT)

Árbitro Assistente 1: Fábio Rodrigo Rubinho (CBF-MT)

Árbitro Assistente 2: Fernanda Kruger (CBF-MT)

4º Árbitro: Paulo Cesar Francisco (CBF-SP)

Árbitro de Vídeo: Gilberto Rodrigues Castro Junior (CBF-PE)

Árbitro Assistente VAR: Clóvis Amaral da Silva (CBF-PE)

Renda: R$ 58.280,00  Público: 3.524 torcedores (com 3.144 pagantes)

Cartões Amarelos: Didira (CSA)

Rafael Martins, João Victor, Ernando (Julio César) e Leandro Castan; Diogo Matheus (Lucas Ramon), Rodrigo Andrade (Silas), Leandro Vilela e Matheus Pereira; Giovani Augusto, Bruno José (Yago) e Lucão do Break (Maxsuel)

Técnico: Marcelo Chamusca

Marcelo Carné, Lucas Marques, Wellington, Lucão e Diego Renan; Geovane(Bruno Mota), Giva Santos e Gabriel (Yan Rollim); Lourenço (Didira), Rodrigo Rodrigues e Osvaldo(Marco Túlio)

Técnico: Alberto Valentim

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.