E AGORA?

  • terça, 29 setembro 2020 00:00
Rafael Longuine e Léo Gamalho são responsáveis por 58,13% dos gols do CRB no ano Rafael Longuine e Léo Gamalho são responsáveis por 58,13% dos gols do CRB no ano Fernando Torres

Com a saída de Léo Gamalho, CRB perde 41,86% dos gols em 2020

 

Por Rodrigo Rocha

 

Léo Gamalho encerrou sua passagem pelo CRB na noite da última segunda-feira (28), no empate em 0 a 0 contra o América-MG, pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Grande destaque da temporada regatiana, o centroavante que é o atual artilheiro do futebol brasileiro está com tudo encaminhado para defender o Al-Khor, do Catar, restando apenas detalhes para que a saída se confirme. A diretoria do CRB estipulou uma multa de US$ 150 mil (R$ 846.180,00)para transferências para o exterior, o que não deve ser problema para o clube catri.

 

Sem poder contar mais com Léo Gamalho no elenco para o restante da temporada, o CRB perderá praticamente metade de seus gols no ano. Dos 43 tentos que o Galo anotou em 2020, 18 foram marcados por Léo Gamalho, que sozinho é responsável por 41,86% dos gols da equipe. E na Série B a “Léodependência” é ainda maior, pois dos 13 gols do CRB na competição, 8 foram do agora ex-camisa 9, fazendo dele o dono de 61,53% do total de bolas na rede.

 

O ano de Léo pelo CRB é impressionante. O centroavante é o atual artilheiro da Série B com 8 gols, da Copa do Brasil com 6 gols (mesmo com o CRB já eliminado) e ainda fez mais 4 durante o Campeonato Alagoano, que terminou com o título do Galo. O jogador ainda ficou marcado como o carrasco do Cruzeiro, visto que marcou 4 vezes em 3 jogos contra a Raposa, sendo o protagonista da eliminação dos mineiros pelo CRB na 3ª fase da Copa do Brasil.

 

Além de artilheiro, Léo era o principal líder técnico do grupo do CRB. Experiente e matador, o centroavante de 34 anos era a referência no ataque da equipe e um dos homens de confiança do técnico Marcelo Cabo, sem falar na intimidação que o “Ibra do Nordeste” causava às defesas adversárias durante os jogos. Léo deixa o CRB com 31 jogos, 18 gols.

 

Mais números

 

Mesmo sem atuar desde 11 de março, quando sofreu uma séria lesão no joelho que deve tirá-lo de toda a temporada, Rafael Longuine ainda é o vice-artilheiro do CRB em 2020, com 7 gols marcados em 11 jogos disputados. O meia vinha tendo um desempenho excelente até sofrer a lesão, na vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro no Mineirão (os dois de Léo Gamalho), no jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil.

 

Somados, Léo e Longuine marcaram 25 gols dos 43 do CRB. Ou seja: sem os dois o Galo perdeu 58,13% de seus gols. Resta saber agora como a diretoria alvirrubra vai agir para buscar um substituto à altura de Léo Gamalho.

 

É bom lembrar que, desde a saída por lesão de Rafael Longuine, o CRB contratou Diego Torres e Magno Cruz como possíveis substitutos para a função do antigo camisa 10, mas ambos não conseguiram entregar o esperado quando o assunto são os gols. Mesmo sendo tirulares em boa parte dos jogos, eles ainda não marcaram com a camisa do CRB.  Já são 19 partidas para cada e nada de gols.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.