POR UM FIO

  • terça, 12 novembro 2019 00:00
CRB empata com Vitória e chances de acesso fica por 'um fio' CRB empata com Vitória e chances de acesso fica por 'um fio' Pietro Carpi/ECV

CRB chega a ficar 2 vezes na frente do placar, sofre empate e vê briga por acesso quase impossível

 

CRB empata em Salvador e chances de acesso ficam ligadas apenas por 'um fio'

 

Por Alberto Oliveira

Fotos: Pietro Carpi - ECV

 

Foi mais um jogo para o torcedor do CRB lamentar. Jogando mais uma decisão, na noite desta terça-feira, em busca do acesso, o Galo chegou a ficar duas vezes a frente do marcador, mas cedeu o empate ao Vitória em 2 a 2.

O ponto somado ainda deixa o CRB com chances de buscar o acesso, mas podendo apenas chegar aos 60 pontos, a dificuldade foi ampliada.

Na única finalização certa do CRB no 1º tempo, Elton marcou o gol que colocou o CRB em vantagem. Mas no tempo final, Felipe Gedoz empatou a partida, logo depois Léo Ceará voltou a colocar o CRB na frente do marcador e cobrando uma penalidade, Thiago Carleto deixou tudo igual.

Com o empate, o CRB chegou aos 51 pontos e ocupa a sexta posição na tabela de classificação. Já o Vitória chegou aos 42 pontos e ocupa a 13ª colocação. Em relação a possibilidade de acesso, o CRB ainda luta mas ainda agora a vantagem aumentou para seis pontos. Restando apenas três rodadas, o CRB já poderá ficar sem chances  de acesso se não verncer a Ponte e Atlético e Coritiba, venceram a próxima partida.

Na 36ª rodada, o CRB receberá a Ponte Preta, no sábado,16, ás 16h30. Já o Vitória enfrentará o América-MG, na sexta-feira, 15, ás 17h, no Estádio Independência.

O Jogo

CRB cehgou a ficar duas vezes a frente do marcador jogando no Barradão

 

A partida começa com o Vitória tomando a proposição do jogo mas encontrava dificuldade em quebrar as linhas compactas do CRB. O Galo mostrava eficiência na maneira de se defender e buscava e encaixar sua reatividade.

Até os dez minutos não havia finalizações das equipes. Aos 11 minutos, após uma finalização de Wesley que desviou na defesa, o Vitória assustou na cobrança de escanteio. Everton Sena subiu muito e cabeceou com perigo. No lance seguinte, CRB no ataque, Alisson Farias recebeu no corredor esquerdo e no bico da grande área, rolou para o meia, Elton chutou colocado, a bola desviou em Ramon e venceu o goleiro Martin Rodriguez: CRB 1 a 0.

Em desvantagem, o Vitória saiu para o jogo mas tinha pouca efetividade em virtude da qualidade defensiva do CRB. A ideia de jogo do Leão só conseguia algo mais contundente na bola parada. Aos 20 minutos, Thiago Carleto cobrou a falta e Léo Gomes ainda conseguiu um leve toque para a defesa do Edson Mardden.

Somente aos 35 minutos, o Vitória voltou a incomodar. Após um erro na saída de bola, Wesley foi acionado, acreditou no lance e deu um toque quase sem ângulo, Edson Mardden deu tapa e evitou o empate. Na cobrança do escanteio após o rebote da defesa, Rodrigo Andrade chutou forte, no canto baixo e Edson Mardden faz uma defesa de muita dificuldade em virtude de ter muita gente na frente dele.

Mais uma vez, o Vitória chegou na bola parada aos 40 minutos quando Thiago Carleto Bateu falta com força, mas no centro da meta, Edson Mardden catou sem dar rebote.

Ao final do 1º tempo, os números mostravam o desenho da partida. O Vitória teve 61% de posse de bola contra 39% do CRB. Nas finalizações, o time rubro negro também mostrou força: 10 finalizações (sendo 5 certas) contra apenas 2 do CRB (com uma certa).

O segundo tempo começa com o mesmo cenário: Vitória ataca e CRB se defende. Time rubro-negro voltou com duas mudanças: Gedoz e Eron são as novidades.

O jogo seguiu com o mesmo cenário: Vitória com a bola, com volume mas sem amplitude, sem penetração. CRB segue fazendo uma partida defensiva perfeita. Com toda a posse de bola, rubro-negro não consegue ser efetivo.

Aos doze minutos, a pressão do Vitória surtiu efeito. Após uma bola na área, o rebote da defesa foi para frente da área e Felipe Gedoz soltou um petardo que não deu para Edson Mardden. Agora tudo igual no Barradão: 1 a 1.

O empate não interessava para o CRB e a equipe regatiana foi para o ataque. Aos 17 minutos, jogada em velocidade, Alisson Farias tabelou com Léo Ceará, que recebeu na grande área, entrou sozinho, ajeitou o corpo e bateu sem apelação. ‘Lei do ex’ funciona e agora o CRB está de novo na frente: 2 a 1.

O Vitória insistia na bola área, aos 21, Welligton Carvalho se antecipa a Anselmo Ramon e evita o gol de empate do Leão.

O Vitória seguiu pressionando e aos 25 minutos, Felipe Gedoz cobra uma falta, a bola desvia na mão de Victor Ramos e o árbitro marca pênalti. O prejuízo foi grande pois no lance, Victor Ramos levou o segundo amarelo e foi expulso. Três minutos depois, Thiago Carleto soltou uma bomba, estufou as redes e agora tudo igual: 2 a 2.

Com um a mais em campo, o Vitória passou a pressionar ainda mais o time do CRB. O time rubro-negro montou uma blitz, tentava pelo alto e conseguia uma sequência de escanteios que preocupavam a defesa regatiana.

Aos 41 minutos, Jordy Caicedo bate bonito de fora da área e assusta o goleiro Edson Mardden. Já na reta final da partida, o CRB buscou sair para o jogo, pois somente a vitória deixaria o Galo na briga pelo acesso. Já aos 46 minutos, Daniel Borges encaixou uma transição e o zagueiro Van não teve outra alternativa, em situação clara e manifesta de gol, deu o rapa no jogador do CRB e foi expulso. Daniel Borges bateu firme, com força e Martin Fernandes espalmou evitando o gol da vitória do Galo.

Jogadores do CRB comemoraram duas vezes por estarem a frente do marcador

 

Ficha Técnica

Vitória 2 x 2 CRB

Campeonato Brasileiro – Série B – 35ª Rodada

Local: Estádio Manoel Barradas ‘Barradão’ (Salvador-BA)

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (CBF-PB)

Árbitro Assistente 1: Fábio Pereira (CBF-TO)

Árbitro Assistente 2: Oberto da Silva Santos (CBF-PB)

4º Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (CBF-BA)

Renda: R$ 58.460,00 Público: 6.504 torcedores (6.105 pagantes)

Cartões Amarelos: Everton Sena, Thiago Carleto (Vitória) Claudinei, Willian Barbio, Igor Cariús , Victor Ramos, Daniel Borges(CRB)

Expulsões: Victor Ramos (CRB) Van (Vitória)

Gols: Elton (CRB) 12’ do 1º tempo; Felipe Gedoz (Vitória) 12’ , Léo Ceará (CRB) 17’ e Thiago Carleto (Pênalti-Vitória) 28’ do 2º tempo

Equipes:

Vitória: Martin Rodriguez, Van, Everton Sena, Ramon e Thiago Carleto; Léo Gomes,  Rodrigo Andrade (Felipe Gedoz)e Lucas Candido; Felipe Garcia(Eron), Anselmo Ramon (Jordy Caicedo) e Wesley

Técnico: Geninho

CRB: Edson Mardden, Daniel Borges, Victor Ramos, Wellington Carvalho e Igor Cariús; Claudinei e Lucas Siqueira; Willian Barbio, Elton (Lucas Abreu) e Alisson Farias( Ewerton Páscoa);  Léo Ceará (Willians Santana)

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.