2 VEZES REDE

  • sábado, 09 novembro 2019 00:00
Léo Ceará é abraçado para comemorar o 1º gol na vitória do CRB Léo Ceará é abraçado para comemorar o 1º gol na vitória do CRB Gustavo Henrique - ASCOM CRB

Com Léo Ceará decidindo com dois gols, CRB vence Atlético-GO e respira no sonho pelo acesso

 

Comemoração dos jogadores do CRB pela vitória sensacional sobre o Atlético-GO

Por Alberto Oliveira

Fotos: Gustavo Henrique - ASCOM CRB

 

O CRB respira na Série B pelo menos em relação ao acesso. Com Léo Ceará decidindo e marcando dois gols, o CRB venceu o Atlético-GO por 2 a 1, na noite deste sábado, no Estádio Rei Pelé.

A partida teve dois tempos distintos. No tempo inicial, um jogo inexistente. Apenas um lance de finalização, justamente no primeiro gol do CRB, muitos erros de passes, pouca inspiração por parte das duas equipes.

No tempo final, a partida começou diferente. O CRB chegou ao segundo gol logo aos cinco minutos. Depois, o Galo se defendeu bem, falhou apenas no lance do gol do Atlético-GO, mas conseguiu segurar o ímpeto do Dragão. Apesar disto foram poucos lances de finalizações e os goleiros quase não trabalharam.

Com a vitória, o CRB chegou ao 50 pontos e subiu duas posições, passando a sétima posição. Já o Atlético-GO permaneceu com 54 pontos, caiu uma posição e é o quarto colocado, fechando o G4.

A vitória trouxe para o CRB a manutenção das chances matemáticas de acesso.  O resultado positivo também fez a diferença para o quarto colocado cair em dois pontos. Antes do início da rodada era de seis pontos. Agora a diferença está em quatro pontos. Restando quatro jogos, o CRB precisará de pelo menos duas rodadas para chegar ao G4.

Na próxima rodada, o time regatiano enfrentará o Vitória, no Barradão, em Salvador, na terça-feira, 12, ás 19h15. Já o Atlético-GO , no mesmo dia e horário, enfrentará o Oeste na Arena Barueri.

O Jogo

Léo Ceará marca e comemora e, é acompanhado por Santana

 

O leitor poderá até não acreditar. Mas ao longo de todo o tempo inicial, o jogo entre CRB e Atlético-GO não apresentou qualquer lance incisivo de emoção. Os goleiros não trabalharam.

Os erros de passe seguiram de lado a lado e somente aos 31 minutos aconteceu o primeiro lance mais contundente. Igor Cariús fez um belo lançamento para Elton, que surgiu em velocidade no corredor contrário, mas na hora de finalizar, furou quando já estava de frente para o goleiro Kozlinski.

Já aos 44 minutos, na primeira finalização da partida surge o gol do CRB. Após um cruzamento perigoso e uma defesa plástica do goleiro do Dragão, a bola sobra na área e Léo Ceará ataca a bola, escorra para o fundo do gol em um movimento corporal como se fosse um chute de karatê. CRB 1 a 0.

 Logo no começo, o CRB chegou ao segundo e novamente com Léo Ceará.  Após uma troca de bola pelo corredor direito, Willie finalizou cruzado, o goleiro Kozlinnski fez a defesa parcial e no meio da área, Léo Ceará, sozinho, apenas completou para o gol: CRB 2 a 0.

O Atlético-GO passou a ser mais agressivo, no sentido das modificações e de procurar mais ações ofensivas. No entanto, o Dragão tinha a posse, ocupava o campo defensivo do Galo, mas não conseguia espaço para ser eficiente na criação e na finalização.

Quando o jogo já parecia definido, o Dragão respirou no jogo. Eram 34 minutos,a defesa do CRB deu espaço na entrada da área, Pedro Raul acionou Mike, que conseguiu encaixar no meio dos marcadores e tocou firme para o fundo do gol: Atlético: 1 x 2 CRB.

Depois disto, o Dragão se atirou ainda mais para o ataque, mas não houve nenhum lance contundente de oportunidade. O time goiano tinha volume, posse mas não conseguia penetrar a forte postura defensiva do Galo. Nas poucas roubadas de bola que conseguiu, o CRB não conseguiu ligar de forma eficiente a transição.

Lance do 1º gol do Galo: ninguém encontra a bola mas Léo Ceará vai surgir para marcar

Ficha Técnica

CRB 2 x 1 Atlético-GO

Campeonato Brasileiro – Série B – 34ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)

Árbitro Assistente 1: José Eduardo Calza (CBF-RS)

Árbitro Assistente 2: Michael Stanislau (CBF-RS)

4º Árbitro: José Reinaldo Figueiredo

Renda: R$ 15.842,00  Público: 2.717 torcedores (com 1.856 pagantes)

Cartões Amarelos: Vitor Ramos, Willie (CRB) Jonathan, Natan(Atlético-GO)

Gols: Léo Ceará (CRB) 44’ do 1º tempo e 5’ , Mike (Atlético-GO) 34’ do 2º tempo

Equipes:

CRB: Edson Mardden, Daniel Borges, Vitor Ramos, Wellington Carvalho e Igor Cariús; Claudinei e Lucas Siqueira; Willians Santana (Willian Barbio), Elton (Wesley Dias) e Willie (Bryan); Léo Ceará

Técnico: Marcelo Cabo

Atlético-GO: Mauricio Kozlinski, Jonathan (Reginaldo), Oliveira, Gilvan e Nicolas; Nathan e Moacir(Gilsinho); Aylon(Victor Paraíba), Jorginho e Mike; Pedro Raul

Técnico: Eduardo Barroca

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.