PANTERA ABATIDA

  • sexta, 26 julho 2019 00:00
Enfrentando um adversário complicado, o CRB conseguiu sua 3ª vitória fora da casa na Série B Enfrentando um adversário complicado, o CRB conseguiu sua 3ª vitória fora da casa na Série B Raul Ramos/Agência Botafogo

Com Ferrugem desequilibrando, CRB consegue linda vitória contra Botafogo (SP) e se aproxima do G4

 

Ferrugem desequilibrou em Ribeirão Preto. Com uma grande atuação com a camisa 7 do CRB, o jogador foi o grande responsável pela importante vitória sobre o Botafogo (SP): 2 a 0. Ferrugem abriu o marcador e depois deu a assistência para Felipe Ferreira matar a partida.

Após um primeiro tempo sem brilho – de ambos os times -, o tempo final trouxe um Botafogo mais afoito, mas com um CRB letal nos contra-ataques. Ferrugem entendeu o jogo com perfeição e saiu dos pés dele, as principais jogadas do CRB no tempo complementar.

Com a vitória, o CRB chegou aos 19 pontos e no começo da rodada subiu para a 7ª posição.  Com o fechamento da rodada, o Galo poderá perder apenas duas posições para Ponte Preta e Figueirense. O time regatiano se aproximou do G4 e agora está a dois pontos do quarto colocado. Já o Botafogo estacionou nos 20 pontos, perdeu duas posições e saiu do G4. Com o final da rodada, a Pantera poderá perder duas posições.

O CRB jogará novamente já na próxima terça-feira, 30, ás 20h30, contra o Oeste, no Estádio Rei Pelé. Já o Botafogo enfrentará o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, ás 20h.

 

O Jogo

Logo no minuto inicial, o Botafogo chegou com a bola área. Após um escanteio cobrado, Naylhor subiu com firmeza, cabeceou e forçou Edson Mardden a fazer a primeira intervenção. Novamente a Pantera chego aos 11 minutos, com um chute de Murilo Henrique que media distância, bateu forte, rasteiro, assustando o goleiro do Galo.

Aos 13 minutos, o CRB finalizou pela primeira vez. Falta de longa distância, mas não para Ferrugem. Ele encarou a distância, meteu um canudo e assustou o goleiro Darley.

Com 46 minutos, Felipe Saraiva dominou na entrada da área e soltou uma canudo, a bola assustou o goleiro Edson Mardden , assustando o goleiro do Galo.

O começo do 2º tempo teve como primeira finalização favorável ao CRB. Aos seis minutos, Alisson Farias fez sua jogada característica. Dominou a bola no corredor esquerdo, derivou para o meio e soltou a pancada. Três minutos depois, o CRB pressionou a saída de bola, Ferrugem foi acionado pelo lado e deu uma assistência perfeita para Léo Ceará, ele bateu, mas pegou um pouco por baixo da bola e ela subiu demais. A melhor oportunidade perdida no jogo.

Aos 18 minutos, o CRB precisou substituir o goleiro. Edson Mardden sentiu um problema no joelho direito e Fernando Henrique fez sua estreia. Quatro minutos depois, ele foi testado pela primeira vez. Erick Luis chutou de longe e o camisa 12, defendeu.

Aos 31 minutos, o zagueiro Didi errou na saída de bola, Lucas Abreu iniciou o contra-ataque, acionou Ferrugem que devolveu para Lucas, já na área, ele deixou o Ferrugem sem goleiro e o camisa 7 só fez empurrar para o fundo da rede: CRB   1 a 0.

Após o gol tomado, o Botafogo tentou pressionar mais a defesa do CRB, mas o Galo segurou as investidas da Pantera. Já aos 44 minutos, Felipe Ferreira arriscou de fora da área e Darley fez a defesa em dois tempos.

Quando o Botafogo tentou criar uma nova blitz, o CRB articulou um novo contra-ataque. Ferrugem deu uma linda assistência e Felipe Ferreira bateu forte e garantiu a vitória do CRB: 2 a 0.

Botafogo-SP 0 x 2 CRB

Campeonato Brasileiro – Série B – 12ª Rodada

Local: Estádio Santa Cruz  (Ribeirão Preto-SP)

Árbitro: Lucas Paulo Torezin (CBF-PR)

Árbitro Assistente 1: Luciano Roggenbaum (CBF-Pr)

Árbitro Assistente 2: Jefferson Cleriston Piva da Silva (CBF-PR)

4º Árbitro: Thiago Luis Scarascati (CBF-SP)

Renda: R$ 48.140,00  Público: 6.498 torcedores

Cartões Amarelos: Marlon Freitas. Lucas Mendes (Botafogo-SP) Wellington Carvalho, Lucas Abreu, Igor, Daniel Borges(CRB)

Gols: Ferrugem (CRB) 31’ e Felipe Ferreira (CRB) 46’ do 2º tempo

Equipes:

Botafogo(SP): Darley, Lucas Mendes, Didi, Naylor (Ronald) e Pará; Nadson  Higor Meritão; Marlon Freitas, Murilo (Erick Luis) e Felipe Saraiva (Rafael Costa); Henan

Técnico: Roberto Cavalo

CRB: Edson Mardden (Fernando Henrique), Daniel Borges, Victor Ramos, Welligton Carvalho e Igor; Claudinei; Ferrugem, Lucas Abreu, Alisson Farias e Willie (Felipe Ferreira); Léo Ceará

Técnico: Marelo Chaamusca

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.