FALTOU NORTE

  • sábado, 09 setembro 2017 00:00
CRB joga mal, ver Oeste encaixar seu jogo e derrota-ló em pleno Rei Pelé CRB joga mal, ver Oeste encaixar seu jogo e derrota-ló em pleno Rei Pelé Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Em atuação equivocada, CRB sofre com Oeste reativo, é derrotado e cai na tabela de classificação

 

O CRB provou de um veneno que injeta nos adversários com muita qualidade e de forma letal. O Galo é moldado para ser reativo e não conseguiu o encaixe com a maneira reativa e de usar o contra-ataque com principal arma. O resultado deste balanço foi que o CRB não conseguiu sair da proposta de jogo do Oeste e acabou derrotado em casa por 1 a 0.

O gol do time paulista surgiu aos 28 minutos quando o CRB perdeu um bola no campo ofensivo, o Oeste roubou, encaixou uma triangulação, fez a ligação em profundidade e na velocidade de Mazinho veio a assistência para Raphael Luz empurrar para o fundo do gol.

Após o gol, o CRB insistiu em buscar o gol de empate, mas se desorganizou, correu risco de levar mais um gol e buscou volume na partida, mas não teve penetração.

Com a derrota em casa, o CRB estacionou nos 32 pontos, caiu quatro posições e ficou na 11ª posição. Com a queda de quatro posições, o CRB foi o time que mais caiu na rodada. Já o Oeste chegou aos 34 pontos, subiu três posições e subiu para o 8º lugar.

Na 24ª rodada, o CRB enfrentará o Brasil de Pelotas, no sábado, 16 ás 16h30 no Estádio Bento de Freitas em Pelotas. Já o Oeste receberá o Náutico, na Arena Barueri, também no sábado ás 16h30.

O Jogo

Logo nos dois primeiros lances, dois lances bonitos. Logo na saída de jogo, o CRB tentou uma ligação direta e conseguiu o escanteio.  Na saída, o Oeste trocou bola de pé em pé e Betinho surgiu de trás batendo com perigo do direito do goleiro Edson Kolln.

Aos 13 minutos, após uma jogada de Marcos Martins houve um rebote para fora da área e Chico acertou um belo chute. O goleiro Rodolfo espalmou e colocou para escanteio.

Eram 28 minutos, quando o CRB perdeu uma bola no campo de ataque com um passe errado do Neto Baiano. Em uma triangulação, o Este tomou a bola e criou a situação de contra-ataque, bola em profundidade para Mazinho, que avançou, foi ao fundo e cruzou, dentro da área, Raphael Luz estava sozinho e fez apenas escorar para abrir o marcador: Oeste 1 a 0.

Sem conseguir encaixar a marcação, o CRB tinha muitas dificuldades. Se já não bastasse este problema, o time regatiano ainda errava muitos passes e seguia proporcionando o contra-ataque para o time paulista. Em pelo menos duas outras oportunidades, o Oeste repetiu estocadas pelo lado de campo e quase amplia o marcador. O CRB permaneceu confuso, sem conseguir o encaixe da marcação, sem criar situações de jogo e explorando bolas longas que acabavam favorecendo o seu sistema defensivo.

No segundo tempo, o Oeste abdicou de sair mais para o jogo. O CRB tomou conta da partida, com volume, com a bola nos pés, mas sem penetração. O time paulista foi ainda mais eficiente no aspecto defensivo. Trouxe o seu time para marcar baixo, com duas linhas bem compactadas e dificultou por demais as ações do CRB. Apesar de todo o período que o CRB teve a bola nos pés, o goleiro Rodolfo não conseguiu realizar uma defesa importante ou decisiva para evitar um gol regatiano.

 

Ficha Técnica

CRB 0 x 1 Oeste

Campeonato Brasileiro – Série B – 23ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (CBF-DF)

Árbitro Assistente 1: José Reinaldo Nascimento Junior (CBF-DF)

Árbitro Assistente 2: Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF-DF)

4º Árbitro: Denis Ribeiro Serafim (CBF-AL)

Renda e Público: não divulgados

Cartões Amarelos: Betinho, Daniel Borges (Oeste)

Gols: Raphael Luz (Oeste) 28’ do 1º tempo

Equipes:

CRB: Edson Kolln, Marcos Martins, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Rodrigo Souza(Marion); Edson Ratinho, Danilo Pires(Tony), Chico e Elvis; Neto Baiano (Zé Carlos)

Técnico: Dado Cavalcanti

Oeste: Rodolfo, Daniel Borges, Joilson, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Lidio, Betinho e Mazinho; Raphael Luz(Fabricio), Gabriel Vasconcelos(Robert) e Danielzinho (Matias)

 

Técnico: Roberto Cavalo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.