VIRA..VIROU

  • sábado, 30 março 2019 00:00
Dois minutos após entrar em campo, Victor Paraíba(17) marca gol da virada e é abraçado por todos Dois minutos após entrar em campo, Victor Paraíba(17) marca gol da virada e é abraçado por todos Stephanie Pacheco - Globo Esporte-PI

CSA consegue virada, derrota Altos e garante classificação para próxima fase da Copa do NE

 

Após anos de campanhas decepcionantes, sendo eliminado e ocupando a lanterna do grupo, o CSA conseguiu melhorar seu rendimento na Copa do Nordeste e neste novo formato avança de fase pela 1ª vez desde 2014, portanto, cinco anos.

O time azulino começou perdendo logo aos cinco minutos com um gol contra de Ronaldo Alves. No tempo final, Didira foi decisivo fazendo o gol do empate e dando assistência para Victor Paraíba marcar o gol da virada.

Com a vitória, o CSA fechou a classificação em 3º lugar com 16 pontos, sendo com 4 vitórias e 4 empates, com invencibilidade na fase inicial. Já o Altos, que estava eliminado, terminou a fase com apenas dois pontos e na última posição do grupo A.

Na fase de quartas-de-final, o CSA enfrentará o Botafogo(PB) em jogo único no Estádio Almeidão, em João Pessoa.

 

O Jogo

O jogo começou e logo aos cinco minutos, Radsley cruzou na área e a jogada parecia despretensiosa. No entanto, o experiente zagueiro Ronaldo Alves, acabou desviando contra as próprias redes e colocando o time piauiense em vantagem: Altos 1 a 0.

Em dois lances seguidos, o CSA chegou incomodando em busca do empate. Aos 16 foi Rafinha que cobrando falta, bateu forte na bola, mas fora do alvo, dois minutos depois, Matheus Sávio cobrou o escanteio e Ronaldo Alves desviou para quase empatar o jogo.

Aos 33 minutos, o CSA teve a grande oportunidade de buscar o empate. Em uma descida veloz pelo lado direito, Cassiano fica sozinho e bateu cruzado, no canto de Andrade, que fez uma linda defesa evitando o gol de empate.

Na cobrança do escanteio, o CSA teve uma nova oportunidade. Matheus Sávio cobra o escanteio e de cabeça, Luciano Castán, desviou a bola. Novamente o time azulino quase chegou ao empate.

Logo no começo do tempo final, o CSA saiu para pressionar. Aos seis minutos, dois lances seguidos do meia Didira. No primeiro lance, Didira finalizou de fora da área e colocou por cima. Mas ainda dentro do mesmo minuto, Didira contou com o erro de passe de Sidney, avançou  vencendo a marcação e batendo colocado. O goleiro Andrade nem conseguiu o toque; CSA 1 a 1.

Dois minutos depois, Patrick Fabiano finalizou forçando o goleiro Andrade a fazer uma grande defesa. Patrick Fabiano seguiu tendo oportunidades e forçando o goleiro a fazer boas defesas. Aos 11 minutos, Rafinha cobrou o escanteio, Patrick subiu, cabeceou e a bola passou perto e no minuto seguinte, novamente, o camisa 99 cabeceou mas desta vez, Andrade defendeu.

Aos 22 minutos foi a vez de Cassiano, tentar, finalizar e novamente o goleiro do Altos fazer a defesa. A estrela de Marcelo Cabo brilhou aos 34 minutos. A mudança foi a entrada de Victor Paraíba no lugar de Matheus Sávio. Com dois minutos em campo, aos 36, Victor Paraíba recebeu uma bela assistência de Didira e mandou para o fundo do gol: virada do CSA 2 a 1.

A partir deste momento, o CSA segurou a virada e garantiu a classificação.

Ficha Técnica

Altos 1 x 2  CSA

Copa do Nordeste – 1ª Fase – 8ª Rodada

Local: Estádio Governador Alberto Tavares Silva ‘Albertão’ (Teresina-PI)

Árbitro:  José Henrique de Azevedo Junior (CBF-MA)

Árbitro Assistente 1: Antonio Adriano de Oliveira (CBF-MA)

Árbitro Assistente 2: Antonio Fernando de Sousa Santos (CBF-MA)

4º Árbitro: Djalma Alves de Lima Filho (CBF-PI)

Cartões Amarelos: Jandielson, Sidney (Altos)

Gols: Ronaldo Alves (Contra- Altos) 5’ do 1º tempo; Didira (CSA) 6’ e  Victor Paraíba (CSA) 36’ do 2º tempo

Equipes:

Altos: Andrade, Barata (Dos Santos), Jandielson, Caique e Wesley; Sidney e Netinho; Radsley, Ancelmo (Thiaguinho) e Raygol (Ramon Baiano); Luizão

Técnico: Maurílio Silva

CSA: João Carlos, Apodi, Ronaldo Alves, Luciano Castán e Rafinha; Dawhan e Bruno Ramires(Patrick Fabiano); Didira, Matheus Sávio (Victor Paraíba) e Manga Escobar; Cassiano (Mauro Silva)

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.