OUTRA FINAL

  • terça, 04 agosto 2020 00:00
Marcelo Cabo vibra com classificação do CRB e mira mais um título em Alagoas Marcelo Cabo vibra com classificação do CRB e mira mais um título em Alagoas Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

Bicampeão, Marcelo Cabo vibra com classificação do CRB e mira mais um título em Alagoas

 

Por Isaac Simões

Não foi apenas o CRB quem chegou a mais uma decisão do Campeonato Alagoano, após bater o ASA nos pênaltis. Bicampeão com o CSA, o técnico Marcelo Cabo vai em busca de mais um troféu em Alagoas, mas agora pelo lado vermelho.

No vestiário, depois do apito final no Rei Pelé, Cabo comemorou o feito alcançado pelo Galo e pregou “trabalho e silêncio” até a decisão. “Agora vamos trabalhar bastante para buscar esse título. O objetivo que traçamos de chegar à semifinal e final, alcançamos. Agora vamos buscar a meta macro que é o título. Sabemos que é um clássico, um jogo difícil, quando se fala de final é preciso muito trabalho, muito silêncio. Então, vamos sair daqui e já retornar para o Centro de Treinamento para recuperar os jogadores nessas 48 horas que vão ser determinante. Então é um trabalho integrado, entre comissão técnica, departamento médico e fisiológico para que tenhamos uma equipe guerreira na próxima quarta-feira e conquistar os nossos objetivos”, afirmou.

O treinador regatiano também analisou a partida diante do Fantasma arapiraquense, resumindo o duelo ao que podemos chamar tradicionalmente de ataque contra a defesa. "A tônica do jogo é que um time jogou e o outro praticou o anti-jogo. O ASA veio aqui para levar para os pênaltis. Era muito claro. Mais uma vez um clássico que o CRB mandou no jogo, propôs a todo momento, mas, infelizmente não traduzimos a superioridade em gols”, explicou.

O CRB teve ao menos três grandes oportunidades de carimbar sua vaga ainda no tempo normal, mas ambas foram desperdiçadas devido a falta de pontaria de Magno Cruz e Diego Torres, além da grande atuação do goleiro Deola, do ASA. No entanto, nos pênaltis foi o camisa 1 regatiano, Victor Souza, quem brilhou.

"A gente trabalhou bastante os pênaltis ontem. Sabíamos da capacidade do Victor (Souza) na disputa de penalidades. Foi sofrido, mas chegamos a final. Agora é ter tranquilidade para recuperar esses atletas para a final de quarta-feira", afirmou o treinador.

Se para Cabo esta é a terceira final consecutiva, para o CRB trata-se da nona decisão em sequência que o clube participará. Desde 2012, o Galo tem decidido o título estadual, o que para o técnico é fruto de um trabalho “bem feito” pela gestão do clube.

"Mais uma vez o CRB chega à final e isso nos credencia para a Copa do Brasil e do Nordeste. Temos agora a primeira conquista em 2021 que são as vagas. Quando você consegue nove finais consecutivas, é sinal de que a gestão vem sendo muito bem feita dentro do clube", afirmou.

CRB e CSA decidem o Campeonato Alagoano, na próxima quarta-feira (5), às 21h, no Estádio Rei Pelé.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.