MESMO BARCO

  • quarta, 18 março 2020 00:00
Murici e CSE fizeram o último jogo antes da paralisação do Alagoano Murici e CSE fizeram o último jogo antes da paralisação do Alagoano Jailson Colácio - ASCOM Murici

Paralisação do Alagoano faz todos os times suspenderam atividades

 

Paralisação total. As oito equipes que integram a 1ª Divisão do futebol alagoano. Não importa se são da capital ou do interior. Não importa sem ter calendário ou não. As equipes alagoanas sentiram a pancada da suspensão e pararam as atividades.

Alguns pararam por um período mais curto, mas boa parte das equipes suspenderam atividades até o final do mês, prazo estabelecido pela FAF para reavaliar o cenário e definir pela volta ou por uma ampliação do prazo para mais 15 dias.

 O CSA foi a primeira equipe a suspender as atividades em função da pandemia da COVID-19 que causou a suspensão do campeonato alagoano por um prazo inicial de 15 dias.

Apesar da paralisação anunciada, o time azulino suspendeu as atividades por apenas dois dias. Nesta quinta-feira, o time retornará aos trabalhos, mas deverá manter atividades em apenas um período.

No mesmo dia em que o CSA informou a interrupção das atividades, o CRB também anunciou a suspensão das atividades dando prazo até a próxima terça-feira, 24, para o retorno. Após a definição dos dois, todas as outras equipes também aderiram a ação de suspender as atividades.

O ASA parou nesta quarta-feira. Jogadores e membros da comissão técnica foram liberados. O alvinegro só deverá retornar aos trabalhos no dia 25. O preparador físico, Rodrigo Albuquerque revelou que um planejamento de trabalho já foi passado para os jogadores. “Enviamos para eles uma programação de uma semana. Dependendo da situação se nós voltarmos na data prevista iniciaremos o treinamento normal’, disse Rodrigo Albuquerque.

O CSE definiu por parar suas atividades até o dia 31 de março. Jogadores que residem na região se reapresentam no final do mês. Já os atletas da região sudeste permanecem em Palmeira dos índios, na concentração da equipe e realizarão algumas atividades físicas ao longo deste período.

Líder do Alagoano, mesmo considerando um jogo a mais, o Murici recebeu folga desde o empate com o CSE, no último sábado, mas teve a folga ampliada até a próxima segunda-feira. No retorno, os jogadores irão treinar com portões fechados e com rodízio de funcionários.

O Jaciobá desmontou todas as suas atividades, time profissional e a base que jogaria contra o Flamengo pela Copa do Brasil Sub20. A direção liberou todos os jogadores na última terça-feira e espera que até o dia 31, data marcada para uma nova avaliação, o cenário tenha melhorado e já seja definido o período de retorno da competição.

Já o Coruripe anunciou a suspensão das atividades a partir de amanhã. A equipe do litoral sul só retornará as atividades em 15 dias, portanto, já no final do mês.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.