PROVA DOS NOVE

  • terça, 08 outubro 2019 00:00
A bola na rede: gol de Jonatan Gómez contra Chape; CSA evoluindo A bola na rede: gol de Jonatan Gómez contra Chape; CSA evoluindo Ailton Cruz

Ataque do CSA ressurge, chega a 14 gols e dobra média das oito primeiras rodadas da Série A

 

Por Isaac Simões

 

O CSA parece ter finalmente encontrado o caminho das redes. Antes visto como uma espécie de “bicho papão”, marcar gols não tem sido mais um problema para o Azulão, que chegou a viver uma seca de 696 minutos na Série A do Campeonato Brasileiro. Nos últimos seis jogos, o time marujo balançou as redes em nove oportunidades e abandonou o posto de pior ataque da competição, atingindo um total de 14 gols marcados até aqui.

A vitória por 3 a 1 sobre o Avaí no último domingo (6) no Estádio Rei Pelé foi fundamental para o clube deixar a marca negativa que o acompanhava desde o início da Série A. Com os três gols feitos, o Azulão passou o bastão justamente para os catarinense, que anotaram 13 gols em todo o campeonato.

Ciente da necessidade de ser eficiente na frente para seguir vivo na luta pela permanência na elite do futebol nacional na próxima temporada, o CSA tem conseguido melhorar o seu desempenho ofensivo de forma considerável nas últimas nove rodadas, ficando sem marcar somente em duas delas: nas derrotas para Bahia (17ª) e Santos (22ª), fora de casa.

Contra o Palmeiras, Matheus Sávio chuta e faz o 1º gol do CSA na Série A - Foto: Ailton Cruz

 

Para se ter uma ideia, no início do Brasileiro, o Azulão levou exatos oito jogos para conseguir atingir a marca de três gols anotados, o que lhe rendia uma média de 0,37 gols por partida. De lá para cá, os números praticamente dobraram, e agora a média dos marujos é de 0,60 por jogo.

O estilo de marcação alta e saídas em velocidade nos erros dos adversários é o ponto chave da equipe do técnico Argel Fucks e, assim, os alagoanos vão conseguindo fazer o ataque funcionar jogo após jogo. Dos últimos 11 gols marcados pelo CSA, 10 saíram dos pés de jogadores do setor ofensivo, sendo quatro de atacantes: Ricardo Bueno (2), Alecsandro e Hector Bustamante. Além disso, o meia argentino Jonatan Gómez e o lateral Apodi, que vem atuando improvisado no meio-campo, aparecem como os artilheiros da equipe, com três gols cada.

Nesta quarta-feira (9), o Azulão voltará a atuar diante de seu torcedor, recebendo o Internacional, às 19h15, no Trapichão. Mais uma oportunidade, para os azulinos mostrarem que a pontaria segue “afiada” no Mutange.

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.