COMPETIU

  • quarta, 01 maio 2019 00:00
Matheus Sávio chuta para marca o gol do empate do CSA Matheus Sávio chuta para marca o gol do empate do CSA Ailton Cruz

CSA mostra força, segura campeão brasileiro e soma o 1º ponto na Série A

 

O espírito foi completamente diferente. Após não competir contra o Ceará e ser goleado na estreia, o CSA mudou.  Foi um time que competiu, mostrou força e conseguiu equilibrar o confronto contra o Palmeiras.

Após sair atrás do marcador logo no começo da partida, o CSA conseguiu o empate no segundo tempo e assegurou o resultado de 1 a 1. Raphael Veiga marcou aos oito minutos do tempo inicial e no tempo final, Matheus Sávio empatou a partida aos 17 minutos.

Na próxima rodada, o CSA receberá o Santos, no Estádio Rei Pelé, no próximo domingo, 5, ás 16h. Já o Palmeiras receberá o Internacional, no sábado, 4, ás 19h, no Alianz Park.

O Jogo

A partida começou com o Palmeiras tomando as ações do jogo. A equipe campeã brasileira tinha o domínio mas girava a bola sem conseguir penetrar na defesa do CSA.

O primeiro lance que o CSA conseguiu ir ao ataque, houve um erro na última bola de Madson e passagem de Apodi sem receber a bola. O Palmeiras ficou com a bola e construiu o lance ofensivo, trocando de corredor, a recomposição de Apodi foi lenta, o Palmeiras girou, voltou para o corredor direito e Hyoran foi ao fundo e cruzou, na entrada da área, Raphael Veiga bateu de primeira, a bola caprichosamente bateu na trave e morreu no fundo do gol: Palmeiras 1 a 0.

O atual campeão brasileiro seguiu criando mais chances. Aos 20 minutos, Lucas Lima recebeu de fora da área e acertou um lindo chute, tirando do goleiro, para marcar o segundo. No entanto, Jordi se esticou e fez uma grande defesa.

Seis minutos depois, o CSA chegou pela primeira vez. Matheus Sávio trocou passe com Didira e foi derrubado. Na cobrança, Matheus Sávio cobra direto, põe muito efeito e a bola explode na trave. Quase o gol de empate do CSA.

Mesmo com o ritmo diminuído, o Palmeiras tinha nas bolas alçadas na área , os lances mais perigosos. Aos 39 minutos, Luciano Castán subiu para evitar que Moisés cabeceasse e quase fez um gol contra.

No começo do 2º tempo, o Palmeiras articulou uma jogada com Mayke e Moisés e após o cruzamento, Deyverson meteu a cabeça na bola e Jordi fez uma bela defesa. No lance seguinte, Hyoran encaixou uma linda bicicleta e Jordi fez a defesa.

O CSA chegou aos 17 minutos na cobrança de um escanteio. Madson cobrou,  Matheus Sávio chutou a primeira após o rebote, a bola sobrou novamente para Matheus Sávio que agora chutou forte, vencendo Jailson, empatando o jogo e fazendo o Rei Pelé explodir. CSA 1 x 1.

O Palmeiras seguiu com mais posse, tentando construir situações ofensivas, mas esbarrando na boa postura defensiva do time azulino.

Ficha Técnica

CSA 1 x 1 Palmeiras

Campeonato Brasileiro – Série A – 2ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (CBF-RN)

Árbitro Assistente 1: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA-BA)

Árbitro Assistente 2: Cleriston Clay Barreto (CBF-SE)

4º Árbitro: José Ricardo Laranjeira (CBF-AL)

Equipe do VAR

Árbitro de Vídeo: Leonardo Pedro Vuaden (RS)

Árbitro Assistente de Vídeo 1: Jean Pierre Gonçalves (RS)

Árbitro Assistente de Vídeo 2: Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

Supervisor: Vayran da Silva Rosa (SC)

Renda:   Público:

Gols: Raphael Veiga (Palmeiras) 8’ do 1º tempo; Matheus Sávio (CSA) 17’ do 2º tempo

Equipes:

CSA: Jordi, Apodi, Gerson, Luciano Castán e Armero; Naldo(Leandro Souza)  e Bruno  Ramires(Dawhan); Madson, Maidana (Matheus Sávio) e Didira; Cassiano

Técnico: Marcelo Cabo

Palmeiras: Jailson, Mayke, Antonio Carlos, Edu Dracena e Victor Luiz; Thiago Santos e Moisés(Matheus Fernandes); Lucas Lima, Raphael Veiga (Carlos Eduardo) e Hyoran (Felipe Pires); Deyverson

Técnico: Luis Felipe Scolari

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.