VANTAGEM

  • domingo, 14 abril 2019 00:00
CSA comemora o gol, vence o clássico e abre vantagem para ser campeão pelo empate CSA comemora o gol, vence o clássico e abre vantagem para ser campeão pelo empate Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Após mais de 400 minutos sem gol no clássico, Robinho marca, CSA vence e abre vantagem 

 

Foram necessários mais de quatrocentos minutos em quatro clássicos e meio para surgir um gol. Em duas partidas na Série B, uma no Alagoano e uma na Copa do Nordeste sem gols.

Aos 4 minutos, o atacante Robinho marcou para o CSA garantiu a vitória azulina por 1 a 0, dando ao clube azulino a vantagem de jogar pelo empate na segunda partida.

O jogo de desenhou com 15 minutos intensos no começo da partida. Depois o CSA não conseguiu chegar e o CRB, mesmo sem criar grandes oportunidades, estar mais próximo do gol.

No tempo final, os quinze minutos iniciais foram intensos. O CSA fez o gol com Robinho, deixou o CRB atordoado e poderia ter ampliado o marcador. Depois o CRB se assentou na partida, aumentou o volume de jogo e criou situações, em bolas aéreas, assustando a defesa do CSA, sem no entanto, forçar o goleiro João Carlos fazer uma defesa sequer.

No próximo domingo, CRB e CSA se enfrentam novamente no Rei Pelé, no domingo,21, ás 16h. O CSA será campeão com um empate ou se vencer a partida. Se o CRB vencer por um gol de diferença força a decisão do título na cobrança de penalidades e se vencer por dois ou mais gols garante o título Alagoano.

O Jogo

O CSA começou o jogo de maneira intensa. A equipe usava o lado direito com Apodi e com a flutuação de Matheus Sávio. Mas aos cinco minutos, o primeiro grande momento do jogo foi do CRB. De muito longe, Ferrugem cobrou a falta, a bola desviou na defesa e chegou a tocar na trave.

A resposta do CSA foi em uma tabela cheia de qualidade entre Didira e Patrick Fabiano. Após o passe de Didira, Patrick Fabiano recebeu dentro da área e chutou cruzado para Edson Mardden espalmar e fazer uma ótima defesa.

Aos 27 minutos, Ferrugem novamente em bola parada colocou na área, Wellington Carvalho surgiu no meio da defesa, cabeceou no lado direito assustando o goleiro João Carlos.

O CRB voltou a incomodar em uma bola parada. Ferrugem cobrou e após o desvio inicial de Dirceu Lucas, Junior chegou sozinho mas bateu por cima, sem levar perigo e perdendo uma ótima oportunidade.

O segundo tempo começou com as equipes sem mudanças. O primeiro lance surgiu aos três minutos quando Ferrugem cobrou falta e João Carlos fez a defesa. No lance seguinte, o CSA abriria o marcador. Tudo começou no campo defensivo. Ferrugem tentou a finalização e foi travado. O CSA iniciou um contra ataque veloz. Patrick Fabiano chegou a diminuir a velocidade do lance mas depois abriu a jogada para o lado, Robinho dominou e chutou cruzado, bola na rede: CSA 1 a 0.

O gol marcado por Robinho fez o CRB sentir. O time regatiano não conseguiu chegar com perigo a defesa azulina. Já o CSA seguiu armando contra ataques para tentar ampliar o marcador.

O CRB passou a insistir mais e chegava nas bolas áreas. Em três oportunidades, o CRB buscou o empate. Na primeira Willian Barbio quase marca após um rebote na pequena área. O segundo lance foi uma transição com muita velocidade de Hugo Sanches, que chutou e houve desvio. No terceiro lance escanteio cobrança e desvio de Igor assustando João Carlos.

Já aos 45 minutos, Mailson recebeu uma bola após o time azulino desperdiçar uma jogada e na entrada da área, colocou para fora, desperdiçando uma ótima chance.

O CRB acreditou até o final. Aos 48 o CRB tentou na bola área e no contra-ataque, Victor Paraíba arrancou, tentou o passe para Patrick Fabiano mas foi um passe curto, desperdiçando uma excelente jogada. Final de jogo: CSA 1 a 0.

Ficha Técnica

CSA 1 x 0 CRB

Campeonato Alagoano – Final – 1º Jogo

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)

Árbitro Assistente 1: Bruno Boschilla (FIFA-PR)

Árbitro Assistente 2: Neusa Back (FIFA-SC)

4º Árbitro: Débora Cecilia Correia (FIFA-PE)

Renda: R$ 183.106,00  Público: 10.915 torcedores (com 9.123 pagantes)

Cartões Amarelos: Ronaldo Alves, APODI (CSA) Edson Henrique (CRB)

Gol: Robinho (CSA) 4’ do 2º tempo

Equipes:

CSA: João Carlos, Apodi, Ronaldo Alves (Gerson), Luciano Castán e Carlinhos; Mauro Silva e Dawhan; Didira, Matheus Sávio (Victor Paraíba) e Robinho(Manga Escobar); Patrick Fabiano

Técnico: Marcelo Cabo

CRB:Edson Mardden, Junior, Wellington Carvalho, Edson Henrique e Igor; Claudinei e Ferrugem(Hugo Sanches); Willian Barbio, Felipe Menezes e Mailson; Zé Carlos(Victor Rangel)

Técnico: Marcelo Chamusca

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.