VIU A PLACA?

  • quarta, 27 março 2019 00:00
CSA goleia Coruripe e praticamente se coloca na final do Alagoano CSA goleia Coruripe e praticamente se coloca na final do Alagoano Morgana Oliveira - ASCOM CSA

Após tomar 2 a 0, CSA atropela o Coruripe, goleia por  6 a 2  e coloca ‘os dois pés’ na final do Alagoano

 

 

Tudo começou com um susto. Nos 15 primeiros minutos de jogo, o CSA perdia para o Coruripe por 2 a 0 na primeira partida do confronto semifinal do Alagoano 2019. Mas para os que dizem que ‘depois da tempestade vem a bonança’ tinham razão. O susto se transformou em um grande alívio.

O CSA conseguiu a virada, atropelou o Coruripe e conseguiu uma goleada por 6 a 2, dando um passo decisivo para chegar a decisão do título. Até os mais céticos admitem o time azulino na decisão.

A vantagem construída pelo CSA é gigantesca. O segundo e decisivo jogo acontece no próximo dia 3 de abril, na quarta-feira, 20h30, no Rei Pelé. O CSA poderá perder até por quatro gols de diferença, que mesmo assim ainda será finalista. Para reverter o atropelo sofrido, o Coruripe precisará vencer por cinco gols de diferença.

O Jogo

Anormal, intenso e com muitos gols. Assim foi o primeiro confronto semifinal entre Coruripe e CSA. Não é normal ver oito gols em uma semifinal. Mas foi isso que foi visto.

O CSA começou a partida tendo um desfalque de última hora: Rafinha foi sacado do jogo após tem identificado um nível elevado da enzima Ck. Com isso, o zagueiro Luciano Castán foi deslocado para o lado esquerdo da defesa. O time azulino também começou a partida mais solto. Marcelo Cabo optou retirar Um dos dois atacantes referência da equipe, colocando um segundo volante e empurrando Didira para jogar como meia mais próxima área.

Com a bola rolando vieram os sustos. Em quatorze minutos, o CSA já perdia por 2 a 0. O primeiro gol veio através de uma bola parada. Kiko Alagoano cobrou o escanteio, o goleiro João Carlos foi pressionado por Jessé e acabou saindo mal e de soco, colocando contra as próprias redes. Coruripe 1 a 0. O árbitro deu o gol para Jessé.

Pouco depois, o Coruripe ampliaria o marcador. A jogada foi iniciada com um chute longo, Etinho desviou de cabeça e Alef Manga arrancou sozinho, próximo da área driblou o zagueiro Ronaldo Alves e chutou no canto esquerdo, tirando a bola de João Carlos: 2 a 0.

Eram passados 14 minutos e tudo parecia se encaminhar até mesmo para o risco do CSA não chegar a decisão. No Estádio Rei Pelé, o torcedor do CRB comemorava os gols do Coruripe como se fosse gols da sua equipe. Mas a partir do minuto 24 tudo mudou. O CSA iniciou uma reação forte e que depois seria transformada em uma sonora goleada.

Em um lance dentro da área, o zagueiro Islan tocou com a mão na bola e Rafael Carlos Salgueiro marcou a penalidade. Matheus Sávio cobrou e recolocou o CSA no jogo. Dois minutos depois, Dawhan trocou passes com Patrick Fabiano, chutou forte, venceu o goleiro Alexandre e o jogo já estava empatado.

Perto do final do 1º tempo, Didira recebeu ótimo passe de Apodi, que bateu cruzado. A bola tocou em Islan e entrou: CSA virava para 3 a 2.

No tempo final, o CSA desenhou a goleada marcando mais três gols. Logo no começo, Matheus Sávio chutou de fora da área e marcou um belo gol. Manga Escobar entrou na área, driblou Renato e quase sem ângulo tentou o cruzamento. Um leve desvio fez a bola morrer no fundo do gol. Ainda havia tempo para mais um. Após jogada individual, Victor Paraíba fez boa jogada individual, driblou o goleiro e colocou a bola na rede, fechando a goleada: 6 a 2.

 

Ficha Técnica

Coruripe 2  x 6 CSA

Campeonato Alagoano – Fase Semifinal – jogo de Ida

Local: Estádio Gérson Amaral (Coruripe)

Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro (CBF-AL)

Árbitro Assistente 1: Pedro Jorge Santos (CBF-AL)

Árbitro Assistente 2: Benilson dos Santos (FAF)

4º Árbitro: Márcio dos Santos (FAF)

Cartões Amarelos: Etinho, Islan (Coruripe) Mauro Silva (CSA)

Expusões: Elenilson Santos (técnico do Coruripe)

Gols: Jesse (Coruripe) 8’ , Alef Manga (Coruripe) 14’ , Matheus Sávio (Pênalti) 25’, Dawhan (CSA) 27’, Apodi (CSA) 44’do 1º tempo; Matheus Silva (CSA) 3’, Manga Escobar (CSA) 15’ e Victor Paraíba (CSA) 35’ do 2º tempo

Equipes:

Coruripe: Alexandre, Renato(Pinheirinho), Jessé, Islan e Chiquinho Bala; Jair Amaral, Palhinha (Lourinho) e Kiko Alagoano(Fabiano); Alef Manga, Etinho e Ivan

Técnico: Elenilson Santos

CSA: João Carlos, Apodi, Ronaldo Alves, Gerson e  Luciano Castán; Mauro Silva e Dawhan (Amaral); Didira (Celsinho), Matheus Sávio e Manga Escobar(Victor Paraíba); Patrick Fabiano

Técnico: Marcelo Cabo

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.