SUFOCO

  • domingo, 16 abril 2017 00:00
CSA passa sufoco, vence Santa Rita, mas está classificado para semifinal CSA passa sufoco, vence Santa Rita, mas está classificado para semifinal Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas

Com drama, Everton Heleno faz dois, CSA vence Santa Rita e se garante nas semifinais

 

Foi um drama, um verdadeiro sufoco, mas o CSA está classificado para as semifinais do Campeonato Alagoano. Com dois gols de Everton Heleno, o CSA derrotou o Santa Rita por 2 a 1. O gol do tricolor de Boca da Mata foi marcado contra pelo zagueiro Leandro Souza.

O time do CSA sofreu ao longo da partida, passou sufoco e correu o risco de sequer chegar a fase semifinal.

Com o resultado, o CSA chegou aos oito pontos e acabou na 3ª posição. O Santa Rita ficou em quinto lugar com apenas quatro pontos.

O Jogo

Nem bem começou a partida e o CSA foi envolvido e tomou um susto. No primeiro minuto da partida, a bola foi alçada na área do CSA, a defesa parou e na risca da pequena área, Daniel Alves teve a chance, finalizou, mas Mota abafou a finalização nos pés do jogador do Santa Rita e salvou o CSA.

No minuto seguinte, nova confusão na defesa do CSA e o Santa Rita quase volta a abrir o marcador. Confuso em campo, sem encaixar a marcação, o CSA era presa fácil para o Santa Rita.

Mas passados dez minutos sem conseguir sair para o jogo, o CSA conseguiu encaixar uma jogada que acabou em escanteio.  Na cobrança de Daniel Costa, a bola foi curta e a defesa do Santa Rita deu rebote, Daniel Costa voltou a cruzar e desta vez encontrou Everton Heleno, sozinho, para cabecear com força e abrir o marcador para o CSA aos 12 minutos.

Depois do gol do CSA, a partida caiu de qualidade. Nem o CSA conseguia construir nada, nem o Santa Rita conseguia incomodar. Somente aos 34 minutos, Vanger fez jogada individual, cortou André Nunes e bateu em diagonal. A bola assustou o goleiro João Paulo.

O Santa Rita teve outra possibilidade de marcar. Aos 38, lançamento de Camutanga, Márcio Telê dominou no peito, driblou Mota e bateu para o gol vazio. Leandro Souza fez a cobertura perfeita e tirou em cima da linha. No escanteio, André Nunes de cabeça mandou no chão e novamente Mota operou um novo milagre.

No segundo tempo, o CSA sofreu um susto no primeiro lance com Márcio Telê que cobrou falta e a bola bateu na rede pelo lado de fora. Na sequência, o CSA quase chega ao segundo gol. Jacó recebeu um passe de Everton Heleno e ao finalizar meteu na trave.

Mas o CSA continuava sem a proteção ideal no seu sistema defensivo. Em uma bola sem pretensão cruzada pelo lado, Leandro Souza tentou o corte e mandou contra suas próprias redes, marcando para o Santa Rita e empatando o jogo.

Aos 25 minutos, Celsinho criou uma jogada pelo lado direito, a bola foi passada para Alex Henrique, que cruzou, Everton Heleno cabeceou, João Paulo defendeu e no rebote, Jacó perdeu um gol inacreditável.

Na sequência, o Santa Rita quase marca. A bola foi chutada , Mota deu o rebote e Edjailson, dentro da área, deu a pancada e assustou o goleiro Mota.

Aos 40 minutos, o CSA encaixou um contra-ataque, Alex Henrique lançou e a bola sobrou para Jacó, que desperdiçou mais uma oportunidade. Na cobrança do escanteio, Marcos Antônio cobrou, no primeiro desvio a bola explodiu na trave e no rebote, Everton Heleno mete para o fundo das redes. CSA 2 a 1.

 Ficha Técnica

 

CSA 2 x 1 Santa Rita

Campeonato Alagoano – Hexagonal – 5ª Rodada

Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)

Árbitro: Wagner Reway (FIFA-MT)

Árbitro Assistente 1: Maxwell Rocha (CBF-AL)

Árbitro Assistente 2: Lennon Mccartney (CBF-AL)

4º Árbitro: José Ailton da Silva (FAF)

5º Árbitro: Carlos Vinicius Cavalcante (FAF)

Renda: R$ 48.120,00 Público: 5.852 torcedores (com 4.758 pagantes)

Cartões Amarelos: Daniel Alves, Márcio Telê (Santa Rita) Leandro Souza, Panda (CSA)

Gols: Everton Heleno(CSA) 12’ do 1º tempo; Leandro Souza (contra-Santa Rita) 9’ , Everton Heleno (CSA) 42’ do 2º tempo

Equipes:

CSA: Mota, Celsinho, Leandro Souza, Douglas Marques e Rafinha; Panda(Marcos Antonio), Everton Heleno, Didira e Daniel Costa(Jacó); Vanger e Jeam(Alex Henrique)

Técnico: Oliveira Canindé

Santa Rita: João Paulo, Fabinho, André Nunes, Cleidson e Andrey(Maikon Aquino); Caio Breno(Nilton), Daniel Alves, Edjailson e Jeam; Marcio Telê (Marcos Bala) e Jonathan

Técnico: Jaelson Marcelino

deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.